Os Campeões e Vice-Campeões do Campeonato Absoluto da Terceira Categoria de Porto Alegre (1943-1965)

Os grandes campeões da várzea porto-alegrense no seu período mais glorioso

1

Breve Resumo

A Terceira Categoria foi criada em 1943, quando a Federação Rio-Grandense de Futebol incorporou o futebol menor (também conhecido como varzeano ou suburbano) de Porto Alegre. A partir de meados da década de 1960, começa a ocorrer uma migração das melhores equipes para as categorias superiores, esvaziando a Terceira Categoria, que é extinta no Regulamento Geral de 1965. Ao término da temporada, as equipes campeãs de cada diretório disputavam o Campeonato Absoluto da Terceira Categoria de Porto Alegre. Concomitantemente, a maioria dos diretórios promovia também a chamada 2ª Divisão, que era disputada pelos aspirantes (segundos quadros) das equipes da 1ª Divisão. Os campeonatos de aspirantes eram opcionais aos diretórios. Os dados da 2ª Divisão são extremamente incompletos e preferi não publicar.

Campeões e Vice-Campeões

Campeão Vice
1943 Avenida FC Palácio FC
1944 ? ?
1945 GE SOS Farroupilha FC
1946 GE SOS GA Marcelino
1947 Riacho FC Marquez do Alegrete FC
1948 Bambala FC São Paulo FC
1949 GA Marcelino São Paulo FC
1950 Tristezense FC GA Marcelino
1951 América PA EC União dos Onze
1952 GE Zivi Arrozeira Brasileira FC
1953 Madureira FC GA Marcelino
1954 GE Israelita Mangueirinha FC
1955 S União Erechim EC Bandeirantes
1956 S União Erechim GE Itapeva
1957 GE Telefônica EC Lombagrandense*
1958 EC Flor de Allah S União Erechim
1959 Tricolor FC GE Juvenil
1960 EC Bandeirantes ?
1961 S União Erechim ?
1962 ? ?
1963 ? ?
1964 ? ?
1965 ? ?

* Entre 1953 e 1959, com a extinção da Liga Hamburguense de Futebol, a FRGF anexou o campeonato da Terceira Categoria de Novo Hamburgo, burocraticamente, como um Diretório da Capital.

Os Maiores Vencedores*

* Considerando-se os campeões conhecidos até o momento.

Que fique claro que este ranking é apenas uma curiosidade. Não há valor estatístico algum, visto que os diretórios eram claramente desparelhos. Logo, um clube razoavelmente forte, mas que passasse a vida inteira em um diretório fraco tenderia a ter mais títulos. Vale lembrar, ainda, que, como os campeões do absoluto, frequentemente, eram promovidos à Segunda Categoria, é incomum, a repetição de títulos.

1 2
1 S União Erechim 3 2
2 GE SOS 2 0
3 GA Marcelino 1 3
4 EC Bandeirantes 1 1
5 América PA 1 0
= Avenida FC 1 0
= Bambala FC 1 0
= EC Flor de Allah 1 0
= GE Israelita 1 0
= GE Telefônica 1 0
= GE Zivi 1 0
= Madureira FC 1 0
= Riacho FC 1 0
= Tricolor FC 1 0
= Tristezense FC 1 0
= Arrozeira Brasileira FC 0 1
= EC Lombagrandense 0 1
= EC União dos Onze 0 1
= Farroupilha FC 0 1
= GE Itapeva 0 1
= GE Juvenil 0 1
= Mangueirinha FC 0 1
= Marquez do Alegrete FC 0 1
= Palácio FC 0 1
= São Paulo FC 0 1

Seleções

Encontrei alguns resultados de um campeonato disputado entre as seleções dos diretórios. Com alguma certeza, posso afirmar que o primeiro campeonato deste tipo ocorreu em 1947. Da mesma forma, tenho quase certeza de que, no final dos anos 1950, o torneio já não era mais disputado.

Campeão Vice
1947 Caminho do Meio-Petrópolis São João
1948 ? ?
1949 ? ?
1950 ? ?
1951 ? ?
1952 Mont’serrat Partenon-Centro-Cidade Baixa
1953 Azenha ?
1954 ? ?
1955 ? ?
1956 ? ?
1957 ? ?
1958 ? ?
1959 ? ?

Fontes: Relatórios da FRGF, Arquivo da FGF, Folha da Tarde Esportiva, Diário de Notícias e Jornal do Dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *